top of page

Guia Prático: Parque Nacional Dos Lençóis Maranhenses

Atualizado: 5 de jan. de 2023

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é um dos lugares mais lindos do Brasil, onde você pode conhecer um lugar com características únicas no mundo. Dunas de areia, lagoas naturais, vegetação de cerrado e povoados praticamente intactos pra você conhecer no Maranhão.

Apesar de ser um destino visitado por turistas do mundo todo, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses não é caro, especialmente se comparado a outros paraísos brasileiros como Bonito e Jalapão, por exemplo.

Passei meses vivendo nos Lençóis do Maranhão e, dessa forma, quero compartilhar tudo o que você precisa saber pra planejar tua viagem.


Um destino cheio de belezas naturais no Nordeste do Brasil, perfeito pra quem busca viver uma viagem cheia de aventuras.

Ao viajar pelos Lençóis Maranhenses você vai subir dunas de 4×4, caminhar pelas areias brancas e se refrescar em lagoas cristalinas.


Você sabia?

  • O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses possui o maior campo de dunas da América do Sul.

  • Esse campo ocupa 2/3 da área do parque.

  • As lagoas interdunares se formam durante o período de chuvas.

  • O número de lagoas dependem da intensidade das chuvas, mas em geral são mais de 7 mil lagoas.

  • São mais de 150 mil hectares de parque, quase o tamanho da cidade de São Paulo.

  • O parque é protegido e administrado pelo ICMBio.

  • Os Lençóis Maranhenses estão inseridos no Cerrado, mas possui influência da Amazônia e da Caatinga. Segundo o ICMBio, espécies dos três biomas são encontradas na região.

  • Entre os ecossistemas do parque estão manguezal e restinga.

  • Existem opções pra atravessar parte do parque caminhando.


Como funciona o turismo no Parque dos Lençóis Maranhenses?

O parque pode ser conhecido a partir de três bases: Barreirinhas, Atins e Santo Amaro. Existem passeios saindo destes pontos, ou seja, você pode se planejar pra pernoitar em cada uma dessas bases ou fazer passeios a partir de apenas um lugar.

Bom, nesse caso, Barreirinhas é a principal cidade-base, porque é a mais estruturada, com mais opções de hospedagem, restaurante e agências.

Primeiramente, entenda que todo passeio pelo parque será necessária a contratação de agências de passeios credenciadas.

Existem passeios de meio dia e dia inteiro que saem de caminhonetes ou barcos pra os circuitos e núcleos do Parque dos Lençóis Maranhenses, sempre acompanhados de guia e condutor.


Principais passeios: o que fazer no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Existem diversos passeios pra serem feitos no Parque dos Lençóis Maranhenses saindo de Barreirinhas, Atins e Santo Amaro, mas alguns são indispensáveis no teu roteiro. Ah, e fica esperto aqui no blog, porque logo tem artigo com dicas de roteiro!

• Circuito da Lagoa Azul

Saindo de Barreirinhas, o Circuito da Lagoa Azul é um dos imperdíveis na região dos Lençóis Maranhenses (foi o primeiro que fiz aqui). Ele é feito em caminhonetes 4×4 e passa por algumas lagoas, além da Azul, como a Lagoa da Preguiça. Lagoa da Esmeralda e a Lagoa do Peixe.

Circuito da lagoa Bonita

Da mesma forma, o Circuito da Lagoa Bonita sai de Barreirinhas e tem uma das vistas mais lindas da região. Além da Lagoa Bonita, nesse passeio se percorre outras lagoas atravessando as dunas.

Atins

Existe o passeio a Atins saindo de Barreirinhas, onde você vai conhecer principais pontos do parque nacional dos Lençóis Maranhenses. Outra opção é pernoitar no povoado, pois você pode sair pra fazer caminhadas pelas dunas, praias e restinga.

• Lagoa da Gaivota

Esse passeio pode ser feito saindo de Barreirinhas ou Santo Amaro e, além da Lagoa da Gaivota, se conhece as lagoas da Andorinha, do Peixe e a Piscina. Porém, dependendo da agência, as lagoas são a da Andorinha, Cajueiro e do Maçarico.

• Lagoa da Betânia

A lagoa da Betânia é um passeio que sai de Santo Amaro e se trata de curso de rio que foi interrompido por dunas.


Melhor época pra conhecer os Lençóis Maranhenses

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses está aberto durante o ano todo, mas existem duas temporadas marcadas pelas chuvas ou a ausência delas, sendo que a alta a época seca.

No período de chuvas, que vai de fevereiro a maio, algumas lagoas podem estar secas e os dias mais nublados. Há ainda os meses de transição, que são novembro, dezembro e janeiro. Por isso, a melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses é de junho a outubro.

Na estação chuvosa as lagoas se formam entre as dunas e criam os cenários mais lindos do parque, além disso, os dias são mais claros e o azul do céu reflete nas lagoas.

Quando for planejar sua viagem pelo Parque dos Lençóis Maranhenses, enfim, se lembre que as águas começam a secar nesse período de seca, pro isso o meses que antecedem as chuvas possuem níveis de água mais baixos.


Onde ficar nos Lençóis Maranhenses: Atins, Barreirinhas ou Santo Amaro?

O melhor lugar pra ficar nos Lençóis Maranhenses vai depender mais da disponibilidade de cada viajante. O ideal é poder pernoitar em Barreirinhas, Atins e Santo Amaro.

Como comentei anteriormente, a principal cidade do Parque dos Lençóis é Barreirinhas. São muitas opções de hospedagem, entre hotéis e pousadas. Além disso, possui uma rede grande de restaurantes, bares e negócios. Saindo de Barreirinhas você pode fazer os principais passeios dos Lençóis Maranhenses.

Já ficando em Atins você tem acesso fácil ao parque, podendo inclusive caminhar pelas dunas e ver o pôr do sol de lá podendo fazer um Trekking com guias da Naturae Turismo de 2 a 5 dias e ter a experiência única de dormir nos oásis Baixa Grande e Queimada dos Britos. São mais de 60 opções de hospedagem em Atins. Possui algumas opções de restaurantes e negócios, apesar de serem mais caros.

Em Santo Amaro são mais de 20 opções de hospedagem. Apesar de ser o povoado com menos estrutura turística, Santo Amaro tem preços mais acessíveis que de Atins. De lá você tem acesso ao Rio Alegre, além de algumas lagoas no parque que podem ser alcançadas a pé.

Como chegar nos Lençóis Maranhenses

Você pode chegar nos Lençóis Maranhenses a partir de São Luis (Maranhão) ou Parnaíba (Piauí), ambas cidades possuem aeroportos e levam às principais bases da região.

O mais comum é chegar por São Luís, onde você pode contratar um serviço de transfer, 3h30 de viagem, que também pode ser tomado sem reserva no aeroporto. Igualmente, você pode utilizar ônibus, 5h de viagem, que sai da rodoviária, a pouco mais de 2km do aeroporto. Existem vários horários todos os dias da semana. Você pode contratar serviço de transfer ou comprar passagem de ônibus com a Naturae Turismo.


Quanto custa conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Conhecer os Lençóis Maranhenses tem para todos os bolsos e gostos. Você pode escolher ficar em pousadas ou hotéis. Já os passeios custam a partir de R$100, como a Lagoa Azul, Lagoa Bonita e Boia Cross.

Entre em contato com a Naturae Turismo por WhatsApp ou Telegram para receber informações sobre os roteiros e pacotes completos dos Lençóis Maranhenses.


bottom of page